Ligamos para Você
Nossa politica de privacidade e cookies Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência na navegação.
Você pode alterar suas configurações de cookies através do seu navegador.
Vance Imóveis
Vance Imóveis
Telefones para Contato

Blog » Você sabe o que é verticalização urbana?

Você sabe o que é verticalização urbana?
Publicado em 29/Jun/2023

Quando você pensa em um apartamento, qual é a primeira associação que a sua mente faz? Para a maioria das pessoas, é o conforto. Ou ainda, ao pensar em um edifício comercial, do que a sua mente? Muitas vezes, pode ser a comodidade de ter diversos tipos de lojas em um só local. Essas imagens que estão em nossa mente e em nossa visão no dia a dia são frutos da verticalização urbana.

 

O termo pode ser desconhecido para muitas pessoas, mas é um processo cada vez mais presente no nosso dia a dia. Tanto para aproveitar melhor o espaço, como para favorecer o crescimento comercial, a verticalização urbana tem muitos benefícios, mas também, alguns impactos na sociedade que podem afetar a nossa qualidade de vida.

 

Abaixo, iremos conferir um pouco mais sobre esse processo de verticalização urbana, seus principais benefícios e impacto no dia a dia. Vamos lá?

Afinal, o que é a verticalização urbana?

 

A verticalização urbana é o processo de crescimento vertical das cidades. Ou seja, em vez de aumentar o número de casas em uma determinada região, a prioridade são os grandes edifícios residenciais, comerciais e apartamentos.

 

O processo de verticalização urbana vem acontecendo em todo mundo, com ênfase nas capitais e países desenvolvidos, desde o século XIX. Quando bem-planejado, é uma forma de melhorar a qualidade de vida em sociedade. Mas, quando feito sem nenhum preparo, pode afetar o meio ambiente e o funcionamento de uma cidade.

 

Logo, podemos afirmar que a verticalização de uma cidade está ligada, também, a sua transformação e na modernização de sua paisagem. Conforme a população cresce e a demanda de empregos aumenta, surge a necessidade urgente por novos espaços. Sendo assim, o modelo de apartamentos e edifícios comerciais e residenciais é adotado pelas construtoras, introduzindo ambientes verticalizados para conviver ou trabalhar.

 

A origem da verticalização urbana ainda não é um consenso entre os estudiosos. Mas, algumas teorias mais elaboradas do século XIX mostram que a popularização do uso das estruturas de aço trouxe muito mais segurança para a construção de edifícios.

 

Com isso, empreiteiros, engenheiros e todos os profissionais envolvidos neste processo puderem desenvolver outras facilidades urbanas, como elevadores, escadas projetadas de forma mais segura e muito mais. Logo, com todos esses recursos, foi ficando cada vez mais popular e fácil aderir a um modelo vertical de construção.

Quais são os benefícios da verticalização urbana?

 

Querendo ou não, a verticalização interfere diariamente, de forma direta, na paisagem urbana. Foi graças a este processo que algumas cidades ganharam invenções revolucionárias, que hoje são grandes pontos turísticos, como os prédios de Nova Iorque, Chicago e o conhecido Empire State.

 

Mas, por mais que afete a nossa paisagem, a verticalização urbana também traz muitos benefícios à sociedade, como:

 

  • Melhoria na mobilidade urbana: Com a verticalização, há mais espaço para rodovias, logo, a mobilidade fica bem distribuída. Além disso, a verticalização dá a oportunidade de muitas pessoas morarem próximo ao trabalho, trazendo mais qualidade de vida;
  • Mais facilidade de acesso aos serviços públicos, como universidades, hospitais, bancos, e também para as compras do dia a dia, com farmácias, padarias e supermercados por perto;
  • Maior acesso à infraestrutura e qualidade de vida para uma abundância de pessoas ao redor de todo o país e do mundo;
  • Facilita o controle da expansão urbana, principalmente nos espaços periféricos. Assim, é possível preservar o verde ao redor da cidade e reduzir os impactos no meio ambiente;
  • Melhor aproveitamento do solo urbano,
  •  

Quais são os impactos ambientais causados pela verticalização urbana?

 

Por mais que a verticalização urbana traga consigo diversos benefícios, ainda há de se pensar que este crescimento em massa gera muitos impactos em nossa qualidade de vida, cidades e meio ambiente, e nem sempre são positivos. Com a realização de obras e construções não planejadas, problemas com o saneamento básico, eletricidade e até mesmo desmatamento podem ser comuns.

 

Além disso, com a falta de planejamento de uma construção, há impactos que passam muitas vezes despercebidos, como: já parou para refletir que, um prédio mal posicionado pode impedir a passagem da luz do sol em alguns ambientes? Isso faz com que a luz artificial seja usada com maior frequência e que alguns ambientes se tornem mais úmidos e propensos ao mofo, por falta de luz solar.

 

Planejamento urbano e verticalização: uma união que dá certo!

 

Para aproveitar o que há de melhor na verticalização urbana, é preciso uni-la ao planejamento urbano. Quando as cidades e construções são bem planejadas, fica muito mais fácil ter uma boa qualidade de vida e reduzir o impacto no meio ambiente. Com o planejamento urbano, a verticalização considera, também, o bem-estar dos habitantes, reduzindo problemas e desconfortos que um ambiente não planejado causa.

Então, o que você achou da verticalização urbana? Já havia lido a respeito desse tema?

Com certeza, se unida ao planejamento urbano, a verticalização urbana tem muito a oferecer a nossa qualidade de vida e crescimento saudável das cidades, não é mesmo?

Esperamos que o nosso conteúdo ajude com as principais informações sobre o tema.

Até logo!

 

>>>>Gostou? Então compartilhe este artigo!

Veja mais artigos

Últimos Artigos

Mostrando de 1 até 4, em um total de 90 artigos
Educação Ambiental: Um Compromisso Contínuo com a Sustentabilidade
03
Jun
Este artigo destaca a importância da Educação Ambiental e sua relevância no compromisso da Vance Imóveis com a sustentabilidade. Ele explora a necessidade de promover práticas sustentáveis ​​e conscientizar...
Leia Mais
Entenda o Seguro DFI e sua Importância no Financiamento Imobiliário
08
Mai
O seguro DFI (Danos Físicos ao Imóvel) é uma peça fundamental no crédito imobiliário, protegendo tanto os compradores quanto os financiadores contra danos físicos ao imóvel financiado. Cobrindo uma variedade de...
Leia Mais
O Equilíbrio Perfeito entre Clássico e Contemporâneo
08
Abr
Descubra o San Diego, um empreendimento imobiliário em Gravataí que combina harmoniosamente o clássico e o contemporâneo. Com apartamentos elegantes e modernos, localização privilegiada e uma variedade de...
Leia Mais
Os Prós e Contras de Comprar um Imóvel na Planta: Uma Decisão a Considerar
27
Fev
Comprar um imóvel na planta oferece benefícios como preços acessíveis, customização e potencial de valorização, mas também apresenta desafios como possíveis atrasos na entrega, incertezas sobre o produto final...
Leia Mais