Ligamos para Você
Nossa politica de privacidade e cookies Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência na navegação.
Você pode alterar suas configurações de cookies através do seu navegador.
Vance Imóveis
Vance Imóveis
Telefones para Contato

Blog » Lindos, práticos e charmosos! Veja como cultivar um terrário para decorar sua casa.

Lindos, práticos e charmosos! Veja como cultivar um terrário para decorar sua casa.
Publicado em 29/Jun/2023

Se você ama decoração e plantas, mas sempre esquece de regá-las ou as mata asfixiadas por não passar o dia em casa, eis aqui a solução dos seus problemas. Afinal, além de perfeitos para a decoração, os terrários são, na verdade, uma pequena fonte de conexão com a natureza, onde é possível ter a sua própria mini floresta autossustentável, em casa. 

E acredite, montar e cultivá-los não tem muito mistério, basta conhecer alguns segredinhos e seguir o passo a passo do que vamos te ensinar hoje. Então pega um café para acompanhar a leitura e vem com a gente!  

Você sabia que o primeiro terrário foi acidentalmente criado a mais de 200 anos e simples mudou a história da botânica?

Os famosos ecossistemas autossustentáveis que sobrevivem por anos em vidros fechados, comumente conhecidos como terrários. 

Foram descobertos por um pesquisador chamado Nathaniel Bagshaw Ward que ainda no século XIX percebeu haver um esporo de samambaia e uma espécie de grama se desenvolvendo dentro de um vidro onde armazenava casulos de borboletas. E mesmo com o vidro selado, as plantas permaneceram com vida por cerca de 4 anos. 

 

A partir dessa descoberta, o Dr Ward, começou a fazer experimentos com outras espécies de samambaias e inventou as caixas Verdianas, que seriam os primeiros terrários da história. 

Posteriormente outros pesquisadores começaram a usar essa técnica para transportar espécies do novo mundo com vida para a Europa, permitindo assim que suas propriedades pudessem ser estudadas. 

Legal né? Mas agora vamos ao que interessa!

 

Diferença entre terrário X mini jardim

É importante compreender que só podemos classificar como terrários, os ecossistemas que se organizam em recipientes de vidro transparentes e com tampa para vedação, sendo possível visualizar toda a sua extensão. 

Portanto, os "terrários" abertos, são, na verdade, mini jardins de plantas desérticas como suculentas ou cactos, que exige mais atenção e cuidados, acabando com o conceito de ecossistema autossustentável. Mas ainda assim, se preferir um mini jardim, você pode montá-lo seguindo os mesmo passos.

 

 

Quais os itens necessários? 

Para a construção e equilíbrio do seu mini terrário você vai precisar de um recipiente de vidro seco e com tampa, além de terra, pedras, cascalho e mudas de plantas de espécies e tamanho adequado.

Já o resto da composição é fruto da sua criatividade, em que é possível incluir miniaturas, personagens, areia colorida, conchas, cristais e o que mais desejar. Mas é claro sem gerar poluição visual de um ambiente já pequeno e com foco no natural. 

 

E qual seriam as espécies de plantas ideais?

Aos terrários fechados, o mais indicado pelos especialistas é fazer a escolha de plantas provenientes de ambientes úmidos, como a exemplo dos musgos, fitônias, véu de noiva e pequenas samambaias.

Mas se você pretende montar um mini jardim, lembre-se de não misturar cactos e suculentas no mesmo recipiente, pois apesar de ambas serem plantas desérticas, elas possuem necessidades diferentes de água e com o cultivo conjunto, consequentemente uma das duas irá morrer. 

 

Vamos à montagem!

 

O processo de montagem é bem simples, mas exige que seja executado na ordem exata para que cada componente do ecossistema funcione corretamente. Sendo assim, siga o passo a passo abaixo.

 

1 - Para a drenagem, adicione nas primeiras duas camadas uma medida proporcional de pedra, cascalho e areia.

 

2 - Na terceira camada insira o carvão vegetal, importante ativo para a sobrevivência de suas plantas: ele é responsável pela purificação dos gases do ambiente, faz parte do sistema de drenagem, evita odores ruins e ainda espanta insetos. 

 

3 - Em seguida, adicione terra de forma que a raiz das suas plantas esteja completamente coberta por ela. 

 

4 - Faça pequenas covas e plante as mudas de sua escolha, deixando as bem firmes para não tombarem.

 

5 - Preencha o solo com pedras, areias coloridas e que o mais escolher como decoração, cuidando sempre para não cobrir as plantas. 

 

6 - Regue delicadamente e tampe o vidro.

 

Alguns cuidados 

 

Tenha atenção quanto a ambientação do seu terrário, ele precisa permanecer em ambiente arejado e livre do calor e sol excessivo, ou seja, é proibido pegar sol diretamente. 

Quanto a seu funcionamento, gotículas de água visíveis são completamente comuns e indicam que o ecossistema está funcionando perfeitamente! Mas caso esteja úmido demais, o ideal é destampar por um tempo para que a água evapore. E não regar com frequência, somente quando estiver completamente seco, afinal ele pode passar meses sem ser regado, pois seu sistema de drenagem é feito para que o ciclo ocorra sozinho. 

Preciso limpar meu terrário? 

A higienização é extremamente importante e deve ser feita periodicamente, usando uma pinça ou palito com gaze para limpar delicadamente, alcançando todas as extremidades. 

Gostou das dicas? Então bora fazer seu primeiro terrário para decorar sua casa com um pedacinho da natureza, trazendo a você mais equilíbrio e relaxamento. 

Até logo!

Veja mais artigos

Últimos Artigos

Mostrando de 1 até 4, em um total de 86 artigos
Investindo em Qualidade de Vida: Conheça o Empreendimento Lév em Gravataí
15
Fev
O empreendimento Lév, da Giardino Incorporadora, oferece casas espaçosas e bem projetadas em Gravataí, próximo à Freeway, a apenas 15 minutos de Porto Alegre. Com plantas a partir de 128 m² e infraestrutura...
Leia Mais
Alugar é vantajoso?
07
Fev
07/Fev
Descubra as vantagens do aluguel como uma alternativa flexível à compra de imóveis. Explore a liberdade de mobilidade, a menor carga financeira e a simplificação da manutenção que o aluguel oferece, além da...
Leia Mais
Construindo um Futuro Sustentável: Celebrando o Dia Mundial da Educação Ambiental
25
Jan
25/Jan
Celebre o Dia Mundial da Educação Ambiental conosco na Vance Imóveis! Descubra a importância da conscientização ambiental e práticas sustentáveis em nosso setor imobiliário. Explore dicas para eficiência...
Leia Mais
10 Benefícios de morar em condomínio fechado com piscina, neste verão
19
Jan
Sem Categoria
19/Jan
Descubra as vantagens irresistíveis de morar em um condomínio fechado com piscina durante o verão. Desde a segurança e privacidade até uma comunidade vibrante, este estilo de vida oferece lazer, eventos sociais e...
Leia Mais